O princípio da palavra do Senhor por Oseias; disse, pois, o Senhor a Oseias: Vai, toma uma mulher de prostituições e filhos de prostituição; porque a terra se prostituiu, desviando-se do Senhor.


Oséias 1: 2

Ref.: Ex 20.3-7 / 2 Cr 7.14 / Sl 51 e 103.12 / Is 43.25 / Mq 7.19 / Rm 8.1-2 / Ef 2.8-10 / Hb 10.17-25 / 1Jo 1.8-10

Você se casaria (ou formaria algum relacionamento) com alguém completamente desconhecido(a), por amor (da sua parte, pelo menos), mesmo sabendo que ele ou ela poderia te dar 0% de garantia de ser fiel a esse relacionamento? Bem, Oséias, um profeta do antigo testamento, o fez, segundo ordens vindas do próprio Deus.

Claramente que, responder a essa pergunta positivamente, não é nem de longe algo fácil de se fazer, muito menos cogitável, mesmo porque, cultivar amor e zelo por um completo desconhecido (do qual você nem sequer tem alguma ligação prévia) dificulta qualquer desenvolvimento desse tipo de relacionamento, mais ainda se souber que ele ou ela não te dá (ou dará) qualquer garantia de voto de fidelidade ou reciprocidade.

Entre os últimos 12 livros de profetas mencionados no Antigo Testamento, a história de vida de Oséias é um tanto indigesta e intrigante, se já é difícil se imaginar na pele dele nos dias de hoje, pior seria naquela época. Deus fez Oseias casar com uma prostituta e ter filhos com ela, para que ele entendesse e sentisse na pele a Sua dor e decepção, a dor da traição e desobediência de Seu povo escolhido, para então poder pregar/lançar a mensagem que tinha para seu povo.
Cada filho que Oséias teve com Gomer recebeu um nome simbólico representando o que Deus pretendia fazer contra Israel e seus inimigos, em Seu profundo descontentamento com eles.

Deus é justiça, mas também é amor, Ele não se conforma em nos ver no erro, se pecamos o Espírito Santo nos incomoda e nos induz ao arrependimento em Cristo, ainda que enfrentemos as consequências do pecado, se houve arrependimento verdadeiro, essa passagem será menos penosa.

O Amor de Deus é Incondicional, mesmo que Israel passasse por Seu juízo, como consequência de sua desobediência a Ele, ainda assim tinha em Seus planos, libertar Seu povo, um sinal claro disso foi quando, mesmo após Gomer traí-lo novamente e ser pega e posta a leilão por um mercador como uma escrava qualquer, foi Oséias quem a comprou do mercador. Este é um sinal da graça, o favor imerecido de Deus, dado a nós através de Cristo Jesus, único e suficiente Senhor e Salvador de nossas vidas.