Perdão – Flores em Vida

Portanto, se estiveres apresentando a tua oferta no altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai conciliar-te primeiro com teu irmão, e de pós vem apresentar a tua oferta. Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele; para que não aconteça que o adversário te entregue ao guarda, e sejas lançado na prisão.
Mateus 5: 23,24,25

A vida que vivemos, não importa quantos anos de vida temos, ou o quanto ainda vamos viver, é evidente, ela é curta, tem começo, meio e fim, da mesma forma as pessoas com quem convivemos, não são eternas, mas passageiras, sejam eles familiares ou amigos, pessoas que amamos (e até mesmo aquelas que não nos amam e em suas atitudes nos entristecem e nos dificultam de ama-las) que Deus nos dá o privilégio de cruzar seus caminhos e elas os nossos.

Assim como nossos familiares não estarão para sempre ao nosso lado, não são substituíveis em seu papel familiar e social, devemos honra-los, até mesmo aos amigos mais achegados.

Porém há sempre aqueles cujas ações e comportamentos (descasos, violência, traições, abusos, brigas constantes, infidelidade, desconfiança … entre outros ainda piores) nos causam constantes decepções, traumas, perdas irreparáveis e feridas profundas na alma que perduram por anos e a cicatrização parece demorar.
Alguns permanecem convivendo conosco, outros deixam de cruzar nossos caminhos, afastam-se por uma ou mais circunstâncias da vida, mas se permitimos, a ferida permanece e com ela vem as mágoas, as dores, ressentimentos, em alguns casos, seguidos de ódio dependendo de quão grande foi a dor causada no passado e a ferida parece permanecer aberta e o perdão é visto como uma ultima opção, uma decisão difícil.

Da mesma forma, isso se aplica a nós, sim a nós, pois somos falhos e sujeitos a cometer erros e por muitas vezes acabamos por decepcionar pessoas que amamos com nossos atos, conscientes disso ou não deles, tal fraqueza não deve ser usada como desculpa para manter-se no erro ou conformar-se com ele.

Por insegurança, medo, mas principalmente por orgulho e soberba (ferramenta maligna, níveis acima do orgulho, que serve como o maior dos impecilhos neste caso), muitos de nós acabamos retendo o perdão, nem perdoamos, tão pouco buscamos pedi-lo.

O perdão, é um ato de demonstrar verdadeira superação sob um problema, mostrar que teve forças para vencer e escolheu por deixar o passado para trás. Um gesto de amor para com o próximo, uma vez que, em Cristo é o que devemos fazer por amor, sem julgar, pois é o que Jesus nos ensinou e ensina, é o que Ele faria.

perdoar (Segundo o Dicionário MIchaelis)
per.do.ar
(lat perdonare) vti e vint 1 Conceder perdão a; ser humanitário, tolerante;Absolver, remitir (culpa, dívida, pena etc.); desculpar. vpr 3 Poupar-se:

Portanto leve consideração o seguinte:

Então Pedro, aproximando-se dele, lhe perguntou: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu hei de perdoar? Até sete? Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete; mas até setenta vezes sete.
Mateus 18: 21-22

E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses.
Marcos 12:31

Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos.
Mateus 5: 44-45

Ainda que a confiança no próximo, não permaneça mais a mesma, no amor que Cristo nos amou devemos liberar perdão e pedir perdão também enquanto é dia, não viver do passado , mas sim do hoje e do agora, e como dito antes, um dia haveremos de partir, e aqueles com quem convivemos também. É Cristo quem nos dá forças para suportar, superar as perdas e vencer, basta apenas olharmos para Ele e buscarmos nEle somente a força que necessitamos para vencer, sem desviar o foco. Antes de tudo busque esvaziar-se de si, diante de Deus faça a sua parte, de maneira transparente, em verdadeiro arrependimento peça perdão a Ele primeiro, busque sua justiça e ele se socorrerá nas demais coisas.

Por que não sabemos o dia de amanhã, esta é a nossa tarefa do hoje, ‘oferecer flores em vida‘, a ‘segunda chance’, zelar, valorizar (família, parentes e amigos) como se não houvesse amanhã, oferecer amor e o perdão ao próximo… Pois o amanhã pode ser tarde demais e o arrependimento e lamento tardio não traz pessoas que partiram de volta.

João 3: 16-17

Romanos 8: 1-2

Isaías 53: 4-6

Efésios 2: 5, 8

Lamentações de Jeremias 3: 22-23

Não se deixe culpar pelas causas e erros do passado, não permita que o inimigo faça de sua mente um constante tribunal de acusações. Onde há verdadeiro arrependimento, há também a graça, perdão e misericórdia de Deus derramados sobre nós.

Tetelestaiesta liquidado. Esta consumado, NEle nossas dívidas, culpas, erros estão líqudados, estão pagos. Em Cristo Somos livres, pela graça sois salvos!

Uma vez aprendi que:

[A cicatriz não deve ser encarada como um quadro ou retrato, ou mesmo um espelho para a lápide do passado morto e enterrado, mas sim que ela é a prova de que vencemos as lutas e que superamos nossos medos e dores passadas, seu passado esta morto, VOCÊ NÃO!]

Me ensina a oferecer perdão
E a me parecer contigo em compaixão
Deus, livra-me de mim
Guarda o meu coração
Pois nas vezes em que tropeço
Tenho em Ti, o que mais peço
Perdão e misericórdia me alcançam
E lançam, pra bem longe de mim, a acusação

Perdão – Paulo César Baruk